Image Image Image Image Image Image Image Image Image
enpt
Projeto nº 49287
Designação Projeto Ecofoam
Apoio no âmbito do sistema de incentivos Portugal 2020 Compete 2020 SI I&DT
Objetivo Principal O projeto EcoFoam tem como principal objetivo produzir PUF para a indústria automóvel com características inovadoras ao nível da sua contribuição para a qualidade do ar interior do automóvel, tanto na fase inicial do automóvel (“carro novo”), como nos seus primeiros meses de vida, antecipando-se, de uma forma autoimposta, a uma exigência superior das OEM em relação aos níveis de odores e de COV nos interiores dos automóveis. Também se pretende desenvolver PUF que permitam melhorar o odor do complexo PUF+tecido e PUF+pele sintética. A melhoria da qualidade do ar interior do automóvel também vai exigir o estudo e melhoria das propriedades físicas após envelhecimentos e exposição à radiação UV das PUF.
Região de intervenção Zona Centro
Entidade Beneficiária Consórcio promotor:
FLEXIPOL, Espumas Sintéticas S.A
TMG – Tecidos Plastificados e Outros Revestimentos para a Indústria automóvel, S.A.
Universidade de Aveiro (UA)
Data de aprovação 2020
Data de início 17/08/2020
Data de conclusão 30/06/2023
Custo total elegível 1.520.350,86 €
Apoio financeiro da união europeia FEDER – 927.968,49€
Link #
Para responder aos desafios do projeto, no âmbito do Clube de Fornecedores PSA, foi constituído um consórcio vertical formado por uma entidade do SI&I – Laboratório Associado CICECO – Instituto de Materiais de Aveiro, da Universidade de Aveiro (UA); uma empresa produtora de PUF, Flexipol Espumas Sintéticas S.A., empresa líder deste projeto e uma empresa TIER3 da fileira automóvel; e uma empresa que utiliza as PUF para a produção de complexos PUF+Pele sintética para aplicações em automóveis, TMG – Tecidos Plastificados e Outros Revestimentos para a Indústria automóvel, S.A., empresa TIER2 da fileira automóvel. Este consórcio conta ainda como parceiro o Grupo PSA, sendo esta a empresa líder do Clube de Fornecedores PSA.
Considerando as necessidades identificadas e supracitadas e com o propósito de construir uma solução tangível, eficaz e mensurável, enunciam-se os objetivos específicos deste projeto:

  • Objetivo 1: Desenvolvimento de PUF com baixo teor de emissões e de baixo odor;
  • Objetivo 2: Desenvolvimento de PUF com maior permeabilidade ao ar;
  • Objetivo 3: Desenvolvimento de PUF com resistência superior ao envelhecimento húmido e às radiações UV.
Resultados:

Projeto nº 003369
Designação Projeto Flexirecover
Apoio no âmbito do sistema de incentivos Portugal 2020 Compete 2020 SI I&DT
Objetivo Principal Desenvolvimento de um processo de produção de polióis a partir de resíduos e subprodutos de espumas flexíveis de poliuretano, com qualidade para poderem ser reincorporados na produção de novas espumas, com uma percentagem de 10-20% do total de poliol virgem utilizado e cujos setores de aplicação são os fabricantes de espumas flexíveis de PU.
Região de intervenção Zona Centro
Entidade Beneficiária Consórcio promotor:
SAPEC – QUÍMICA S.A
FLEXIPOL, Espumas Sintéticas S.A
Universidade de Aveiro (UA)
Data de aprovação 20/10/2015
Data de início 01/12/2015
Data de conclusão 30/11/2018
Custo total elegível 1 347 527,34 €
Apoio financeiro da união europeia FEDER – 820 404,53€
Link http://flexirecover.sapecquimica.pt/
O objetivo principal deste projeto consiste no desenvolvimento de um processo de produção de polióis a partir de resíduos e subprodutos de espumas flexíveis de poliuretano, com qualidade para poderem ser reincorporados na produção de novas espumas, com uma percentagem de 10-20% do total de poliol virgem utilizado e cujos setores de aplicação são os fabricantes de espumas flexíveis de PU.
Caso se avance para a industrialização deste processo e se consubstancie o investimento que se prevê vir a envolver todos os elementos do consórcio, deverá ser criada uma Spin off que inicialmente poderá dar resposta ao mercado Português e, em segunda instância, ao mercado Ibérico. Existem outras aplicações para o resultado do projeto FlexiRecover, dado que os polióis são precursores de uma vastíssima gama de produtos. Assim, outros sectores de aplicação poderão ser a indústria das espumas de PU rígidas, nomeadamente com aplicações como o isolamento, embalagem (proteção) e outras com um grau de exigência inferior nas propriedades mecânicas; e a indústria de CASE – coatings, adhesives, sealants and elastomers, entre outras… Para atingir estes objetivos, o projeto englobou as seguintes etapas:

  • Estudos preliminares
  • Desenvolvimento dos processos de produção e separação de polióis à escala laboratorial
  • Ensaios à escala laboratorial
  • Ensaios Piloto
  • Estudos de scale up para produção de PUF
  • Ensaios industriais
Resultados:
Gama, N., Godinho, B., Marques, G., Silva, R., & Ferreira, A. (2020). Recycling of polyurethane scraps via acidolysis. Chemical Engineering Journal, 395, 125102https://www.sciencedirect.com/science/article/abs/pii/S138

 

COPYRIGHT © 2018 FLEXIPOL S.A.